Vento do Leste

Um mundo literário com doses do cotidiano

Destaques

Imagem de capa do card
As 10 capas mais bonitas da minha estante

Hoje eu separei os livros que antes de tudo foram escolhidos pela capa e eu guardo com muito carinho na minha estante.

Ler o post
Outras postagens
Imagem de capa do card
[Resenha] O Jardim Esquecido, de Kate Morton
Ler o post
Imagem de capa do card
Mulheres marcantes na literatura #1
Ler o post

Últimas resenhas

Últimas resenhas

O Jardim Esquecido

Editora Arqueiro

Ler o post

Por uma Questão de Amor

Editora Novo Século

Ler o post

Uma noiva para Winterborne

Editora Arqueiro

Ler o post

Uma Dama Fora dos Padrões

Editora Arqueiro

Ler o post

Quinze Dias

Editora Globo Alt

Ler o post

Baía dos Suspiros

Editora Arqueiro

Ler o post

Anuncio

Citação: Eu quero, eu preciso, eu tenho que ser menos!

Eu preciso aprender a ser menos. Menos dramática. Menos intensa. Menos exagerada. Alguém já desejou isso na vida: ser menos? Pois é. Estranho. Mas eu preciso. Nesse minuto, nesse segundo, por favor, me bloqueie o coração, me cale o pensamento, me dê uma droga forte para tranqüilizar a alma. Porque eu preciso. E preciso muito. Eu preciso diminuir o ritmo, abaixar o volume, andar na velocidade permitida, não atropelar quem chega, não tropeçar em mim mesma. Eu preciso respirar. Me aperte o pause, me deixe em stand by, eu não dou conta do meu coração que quer muito. Eu preciso desatar o nó. Eu preciso sentir menos, sonhar menos, amar menos, sofrer menos ainda. Aonde está a placa de PARE bem no meio da minha frase? Confesso: eu não consigo. Nada em mim pára, nada em mim é morno, nada é pouco, não existe sinal vermelho no meu caminho que se abre e me chama. E eu vou... Com o coração na mochila, o lápis borrado, o sorriso e a dúvida, a coragem e o medo, mas vou... Não digo: "estou indo", não digo: "daqui a pouco", nada tem hora a não ser agora. Existe aí algum remedinho para não-sentir? Existe alguma terapia, acupuntura, pedras, cores e aromas para me calar a alma e deixar mudo o pensamento? Quer saber? Existe. Existe e eu preciso. Preciso e não quero.
(Fernanda Mello)
  1. Acabei de me ler nesse texto! Lindo *-*

    ResponderExcluir
  2. Nossa, amei esse texto! Eu me sinto muito assim, vivo dizendo que sou "intensa demais" (minha mãe diz que é porque sou de sagitário, haha). às vezes a gente precisa dar uma acalmada e até tentar "dramatizar" menos as coisas, eu tenho uma tendência muito forte de dar as coisas e acontecimentos uma importância maior do que eles têm, e isso acaba até estressando... O bom mesmo é levar a vida de forma mais leve e menos... Bem, menos. rs
    Beijos!!

    Ann;
    Vinte & Poucos

    ResponderExcluir
  3. Olá, Michelly!
    Gostei do texto! Eu preciso "ser menos" urgentemente! Tenho tendência de sempre ser "mais". :/
    Tenha uma maravilhosa semana!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. nossa vc escreve muito bem... e somos parecidas... eu preciso que me apertem o pause tbm...

    http://afterinfinite.blogspot.com/

    ResponderExcluir

@oventodoleste