Não lembro quando foi a última vez que sentei em frente ao computador, encarei a página em branco e decidi fazer algo diferente. Talvez diferente não seja a palavra certa, mas por ora ela serve bem. Há muito tempo, desde que decidi restringir os assuntos do blog, deixei uma parte muito importante de mim para trás. Fui em frente confiando que estava fazendo a escolha certa e que era preciso abrir mão de algumas coisas para conseguir o que queremos. E isso não está completamente errado. O clichê "não podemos ter tudo" é verdadeiro e não deve ser esquecido. Não é possível dar um passo à frente e deixar um pezinho no passado. É preciso abraçar as mudanças. E eu me agarrei a todas elas.

Comecei deixando de lado os meus sentimentos. Ninguém quer ler sobre isso e eu não poderia me dar ao luxo de escrever algo que não seria postado no blog. Precisava me dedicar ao que eu queria. Foi …