Vento do Leste

Um mundo literário com doses do cotidiano

Destaques

Imagem de capa do card
[Resenha] Eu Perdi o Rumo, de Gayle Forman

É uma história que une três pessoas que se sentem perdidas, mas que vão descobrir que não estão sozinhas.

Ler o post
Outras postagens
Imagem de capa do card
As 10 capas mais bonitas da minha estante
Ler o post
Imagem de capa do card
Mulheres marcantes na literatura #2
Ler o post

Últimas resenhas

Últimas resenhas

Eu Perdi o Rumo

Editora Arqueiro

Ler o post

O Jardim Esquecido

Editora Arqueiro

Ler o post

Por uma Questão de Amor

Editora Novo Século

Ler o post

Uma noiva para Winterborne

Editora Arqueiro

Ler o post

Uma Dama Fora dos Padrões

Editora Arqueiro

Ler o post

Quinze Dias

Editora Globo Alt

Ler o post

Anuncio

A Doçura do Mundo (Thrity Umrigar)



Quem nunca leu aquele livro que te absorve por completo? Não do jeito ruim, mas de uma forma que te diverte, te emociona e faz continuar a ler sem se dar conta do número de páginas ou até mesmo da hora? Quando começei a ler esse livro não esperava me surpreender tanto com a história, ainda mais por trazer um tema tão diferente do que eu costumo ler. Mas o livro tem uma história rápida, muito bem escrita e capaz de conquistar o leitor!

A Doçura do Mundo traz a história Tehmina Sethna, uma mulher indiana, forte, inteligente, uma ótima cozinheira e é capaz de conquistar todos que estão a sua volta, mas pela perda do marido ela não acredita que seja capaz de tomar decisões importantes. Por isso resolve aceitar o convite do seu filho, Sorab, para passar um tempo com ele em Ohio, Estados Unidos. Sorab tem 38 anos, saiu jovem da Índia com o objetivo de mudar a sua vida e ter sucesso na sua carreira. Agora, casado e com um filho, vive como uma verdadeira família americana. O que ele não esperava é que a morte repentina do seu pai pudesse mudar tudo.

Temmy precisa decidir: ou ela volta para a Índia e para o seu antigo apartamento repleto de lembranças do marido ou ela fica nos Estados Unidos com o seu filho e sua nova família? Apesar de todo o carinho e amigos que conquistou no país, Temmy sabe que se revolver ficar, vai precisar abrir mão de alguns costumes e estar disposta a adquirir outros. No decorer da história, Temmy vai entender que é preciso muita coragem para defender as pessoas que ama.



  1. parece uma ótima história, me interessei muito, mas fiz uma promessa: só comprar livros depois que todos estiverem lidos HUAHAUHUA
    difícil a vida.

    Passa pra fazer uma visitinha no meu blog (:
    http://blogdaalicecoelho.blogspot.com.br/

    beeijo

    ResponderExcluir
  2. adorei sua resenha, e gostei bastante da história, parece ser interessante! :)
    beijo, champagne supernova

    ResponderExcluir
  3. que resenha bacana, Mi (posso te chamar assim?)
    foi curtinha, sem enrolação, bem escrita! eu me interessei pela história também, pena que é difícil eu comprar livros ($)
    eu vivo pedindo emprestado hahaha

    tomar uma decisão difícil depois de uma perda ou outra situação triste é bem complicado e deve ter gerado um livro muito bom ^-^

    boa semana!

    www.pe-dri-nha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse livro, parece ser um livro incrível bem forte e cheio de emoções!
    Vou marcar como desejados no skoob agora mesmo!
    Parabéns pela resenha.
    Beijos
    tamigarotaindecisa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

@oventodoleste