Vento do Leste

Um mundo literário com doses do cotidiano

Destaques

Imagem de capa do card
As 10 capas mais bonitas da minha estante

Hoje eu separei os livros que antes de tudo foram escolhidos pela capa e eu guardo com muito carinho na minha estante.

Ler o post
Outras postagens
Imagem de capa do card
[Resenha] O Jardim Esquecido, de Kate Morton
Ler o post
Imagem de capa do card
Mulheres marcantes na literatura #1
Ler o post

Últimas resenhas

Últimas resenhas

O Jardim Esquecido

Editora Arqueiro

Ler o post

Por uma Questão de Amor

Editora Novo Século

Ler o post

Uma noiva para Winterborne

Editora Arqueiro

Ler o post

Uma Dama Fora dos Padrões

Editora Arqueiro

Ler o post

Quinze Dias

Editora Globo Alt

Ler o post

Baía dos Suspiros

Editora Arqueiro

Ler o post

Anuncio

As Fases da Lua - Editora Gutenberg


Antes de qualquer comentário, quero dizer que eu estou apaixonada por este livro. Ele foi uma surpresa e das boas.


Escrito por cinco grandes autoras, “As Fases da Lua” traz contos leves, românticos e inspiradores. O que eu mais gostei? O cuidado que cada autora teve ao construir sua história. As personagens são tão reais que é impossível não se identificar com elas.


Em sua primeira fase, a lua crescente nos apresenta a Alice. Uma garota cheia de atitude, de resposta fácil e decida a conquistar o mundo. Após o nascimento da sua irmã as comparações foram inevitáveis. Valentina era a bonequinha (e a queridinha) da família, enquanto Alice era o tipo de garota que todos diziam que “vai dar trabalho”. É por isso que Alice considera sua tia Antônia como uma mãe, ela é a única que lhe deu carinho.

Decidida a deixar a sua pequena cidade para trás e com a certeza da aprovação na primeira fase do vestibular, Alice sonha com o seu futuro em São Paulo.

O tempo da espera pela segunda fase do vestibular veio para mudar os seus planos. Alice apaixona-se perdidamente por Gustavo, vocalista de uma banda da cidade. O cara é lindo, canta muito bem e também está afim dela. Ela deixa os estudos de lado e os dois passam a maior parte do tempo juntos. Até que acontece o que menos esperava. Com a reviravolta na sua vida, ela descobre, tarde demais, quem o garoto realmente é. Junto com sua tia Antônia, passa pelo o que imaginava ser a pior parte da sua vida.

Depois da segunda fase do vestibular, Alice realiza o seu sonho. Enfim, na cidade grande com os seus melhores amigos – Maurício e Carlos – sonha em esquecer tudo o que viveu. Até descobrir que seu ex-namorado está em um novo relacionamento e com alguém próximo dela.

Talvez a história mais real deste livro. A vida de Alice não é nada diferente do que acontece com muitas meninas e a autora soube explorar isto de uma forma verdadeira e incapaz de passar despercebido. A escrita é leve, clara e emocionante. Dando um belo início ao livro.


A segunda fase é da lua cheia e traz junto com ela a Lena, uma mulher extremamente ansiosa e apaixonada por Eduardo (ou Du), um cara que some e aparece quando quer. Lena é professora de artes e detesta o trabalho que tem. Ela sonha em poder viver apenas das suas ilustrações. Mas todas as suas energias para correr atrás desse sonho são desperdiçadas com o Du. Os dois se conheceram há um ano e desde então ele passa semanas ou mesmo meses sem falar com ela e volta quando quer sair.

Certo dia, uma amiga da época de colégio – Guilia – manda uma mensagem para Lena. Giulia foi morar na Itália quando elas estavam no nono ano e com o tempo perderam o contato. As duas conversam pouco, pois Lena está focada em acompanhar a vida de Du em todas as redes sociais, até que descobre que ele está namorando.

Decidida a esquecer a sua paixão, Lena vai para a Itália passar alguns dias com sua antiga amiga que acabou de perder o pai.

Diferente do que esperava, a sua ida até a Itália vai lhe ensinar muito e fazer com que volte a acreditar no que sabe fazer melhor: desenhar. Lena terá a chance reconquistar a sua confiança e descobrir que a vida pode ser mais interessante se conseguir desapegar do passado.

Ainda não sei dizer se isso é bom, mas me surpreendi com a forma que eu me identifiquei com a Lena. A sua obsessão por algo que não lhe faz bem é tão comum no que vemos todo dia, que é impossível não se enxergar nela. Essa é uma história de autoconhecimento e cheia de romance.


A lua minguante é a terceira fase do livro. Só Deus sabe o quanto eu me emocionei com essa história, chega a ser difícil descreve-la sem soltar algum spoiler, o que posso dizer é que tudo nela é sobre o amor. O amor que resiste a tudo, mesmo que o destino insista em muda-lo.

Bruna é uma mulher inteligente e dedicada ao que gosta de fazer. Noiva do seu melhor amigo de infância, ela sonha com a volta de Guilherme ao Brasil. Ele é o tipo de príncipe dos contos de fadas: é bonito, inteligente e está sempre preparando alguma surpresa para Bruna. Gui está nos Estados Unidos estudando para o MBA e logo estará de volta ao Brasil.

O amor deles resistiu à distância e ainda assim parece que eles estiveram juntos toda uma vida. São como os casais perfeitos que tanto vemos nos filmes, mas a vida se mostra surpreendente. Quanto mais tentamos controla-la, mais descobrimos que tudo pode mudar e nos mostrar que nem sempre acontece como desejamos.


A quarta fase traz a lua nova e com ela a história da Dora, uma oftalmologista dedicada e reconhecida pelo seu trabalho. Depois de seu último namoro com Tadeu, Dora deixou para trás o amor e focou na sua carreira, disposta a esquecer das marcas que esse relacionamento deixou em sua vida.

Durante um congresso em Salvador, enquanto aguarda a próxima palestra, Dora conversa ao celular, pelo viva-voz, com Sarah. Sua melhor amiga não consegue aceitar que ela se negue a entrar em um novo relacionamento, que se deixe envolver por um novo amor e pede para que sua amiga divirta-se mais. Ao entrar distraída no elevador, um desconhecido lindo, alto e com um sorriso arrebatador, acaba ouvindo toda a conversa. Dora não consegue pensar em mais nada e teme que isso possa abalar os seus sentimentos que já estavam perfeitamente organizados.

Uma história encantadora. É difícil dizer qual conto me chamou mais a atenção, mas definitivamente esse me surpreendeu. A cada página a minha torcida por ela foi aumentando e me deixando curiosa para saber o desfecho. É uma história muito bem construída e que não foca apenas no amor, mas também na amizade.


Por último, a lua azul. Com ela conhecemos Destiny (ou Des), que perdeu a mãe após uma overdose, nunca soube que era o seu verdadeiro pai. Des agora é filha adotiva por um Gail e Peter e tem um péssimo emprego.

Enquanto todos estavam encantados pela lua azul, realizando piqueniques e festas para celebrar, Des não dava nenhuma importância para isso. Até que encontra com um morador de rua conhecido por suas previsões sobre o fim do mundo e diz a ela: "Ache seu rumo, menina, antes que a lua exploda todo seu azul sobre você.". Com medo, ela tentar encontrar um significado para o que está acontecendo, Des percebe que há muitas coisas na sua vida que precisam ser repensadas e que precisa mudar.

Acho que foi o único que me decepcionou um pouco. A história é bem construída, a autora faz com que o leitor pense em vários pontos da vida, mas achei que a história foi rápida demais.


No geral, o livro é maravilhoso! Adoro livros com contos e todas as autoras criaram histórias emocionantes. A leitura é cativa o leitor ao ponto de se tornar extremamente rápida, mesmo para um livro de 350 páginas,


Este livro foi enviado pelo Grupo Editorial Autêntica // Conheça os livros da Editora Gutenberg.
  1. Eu amei a ideia desse livro, ele parece daqueles que faz a gente refletir sobre a vida, sobre nossas escolhas e afins. Isso me cativa muito em uma obra ♥ Adorei a resenha, tá um amorzinho e bem completa. Quer ler o livro em breve.

    ResponderExcluir
  2. Entrou pra minha lista de desejos! Com tantas autoras maravilhosas, não tinha como não ser incrível, né?! Gostei do fato de serem histórias "comuns", que a gente se identifica.

    Beijos,
    www.destemidagarota.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim! Ficou incrível o resultado! :D

      Excluir
  3. Oi, Michele!
    Eu morro de amores por esse livro, está diagramação tá tão linda e com a sua resenha, fiquei com muita vontade de ler. É muito amor!
    Vemk, sei que você não faz tutoriais, mas pode me indicar algum de como fazer esse efeito grade nos posts da página inicial daqui? Adorei e tento encontrar ele faz um tempo, mas nunca acerto :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, flor!
      O único tutorial que eu conheço é esse aqui: https://helplogger.blogspot.com.br/2014/01/create-magazine-style-layout-for-blogger-posts.html :)

      Excluir
  4. Primeiramente, o layout daqui está um amor <3
    Você tem ideia de como amo a capa desse livro? É lindíssima, adorei a sua resenha, com certeza me convenceu a comprar logo esse livro, quando vi que tinha um conto da Jennifer Brown eu sabia que ia ser coisa trágica rs.
    Abraços,
    pile of roses

    ResponderExcluir

@oventodoleste