Vento do Leste

Um mundo literário com doses do cotidiano

Destaques

Imagem de capa do card
[Resenha] Eu Perdi o Rumo, de Gayle Forman

É uma história que une três pessoas que se sentem perdidas, mas que vão descobrir que não estão sozinhas.

Ler o post
Outras postagens
Imagem de capa do card
As 10 capas mais bonitas da minha estante
Ler o post
Imagem de capa do card
Mulheres marcantes na literatura #2
Ler o post

Últimas resenhas

Últimas resenhas

Eu Perdi o Rumo

Editora Arqueiro

Ler o post

O Jardim Esquecido

Editora Arqueiro

Ler o post

Por uma Questão de Amor

Editora Novo Século

Ler o post

Uma noiva para Winterborne

Editora Arqueiro

Ler o post

Uma Dama Fora dos Padrões

Editora Arqueiro

Ler o post

Quinze Dias

Editora Globo Alt

Ler o post

Anuncio

O Jogo Perfeito (J. Sterling)


O Jogo Perfeito
J. Sterling
Faro Editorial
Sinopse: Ele é o tipo de jogo que ela nunca pensou em jogar. Ela é a virada no jogo que ele nunca soube que precisava. O jogo perfeito conta a história de dois jovens universitários, Cassie Andrews & Jack Carter. Quando Cassie percebe o olhar sedutor e insistente de Jack, o astro do beisebol em ascensão, ela sente o perigo e decide manter distância dele e de sua atitude arrogante. Mas Jack tem outras coisas em mente ... Acostumado a ser disputado pelas mulheres, faz tudo para conseguir ao menos um encontro com Cass. Porém, todas as suas investidas são tratadas com frieza. Ambos passaram por muitos desgostos, viviam prevenidos, cheios de desconfianças, antes de encontrar um ao outro, (e a si mesmos) nesta jornada afetiva que envolve amor e perdão. E criam uma conexão tão intensa que não vai apenas partir o seu coração, mas restaurá-lo, devolvendo inteiro novamente.

Foi difícil começar a escrever sobre este livro. As leituras que escolhi para iniciar este ano foram perturbadoras e surpreendentes. Com este livro não foi diferente. Fui da alegria a raiva em questão de algumas páginas e isso quase me fez abandonar o livro. Não por ser ruim, pelo contrário, foi uma leitura incrível! Mas a raiva que senti por um personagem em determinados momentos não me deixava entender como era possível que tudo estivesse acontecendo daquela forma. Sabe aquela sensação de querer entrar na história e dizer: o que você está fazendo? Apesar de a história ser próxima da realidade e não ser impossível de acontecer com qualquer pessoa, me deixou frustrada durante alguns capítulos.

"O Jogo Perfeito" é o primeiro livro da série The Game Series e traz a história de dois jovens que carregam o seu próprio fardo. De um lado, Jack Carter, uma promessa do beisebol cheio de charme e mulherengo. Do outro lado, Cassie Andrews apaixonada por fotografia e incapaz de confiar em um homem. Ao conhecer Jack, durante a festa da faculdade, apesar de toda a atração que sentia, era nítido que ele era o cara errado, um problema. Sempre cercado de garotas e nada de relacionamentos sérios.

Ela não está disposta a se envolver e ele não está disposto a desistir sem pelo menos um encontro. Jack sabe que com ela será diferente. Bastou um olhar de desinteresse e umas poucas palavras secas para ele entender isso. Depois de alguns dias insistindo e perseguindo Cassie pela faculdade, ela decide sair com ele e por um fim em tudo. Mas não será tão simples. Alguns desabafos sobre o passado e o reconhecimento de sentimentos que os magoaram por todo uma vida fará com que eles se aproximem.

Cassie teve um péssimo relacionamento com o pai e por isso não confia em nenhum homem. Jack foi criado pelos avós e também não teve uma imagem paterna muito boa. São duas pessoas que foram capazes de ser o melhor que podiam pelo outro, mas que terão que provar a eles mesmo que podem superar os seus erros e ficarem juntos.


Eu definitivamente não sei o que dizer deste livro. Apesar da história iniciar de um jeito nada pretensioso foi me conquistando nos capítulos seguintes. Jack Carter é o personagem que vai te tirar do sério em vários momentos. Por vezes é difícil entender a decisão dos dois, são duas pessoas teimosas e acostumadas e desconfiar de qualquer coisa. Estão sempre com um pé atrás e prontos para que, quando o mundo desabar, eles não sejam atingidos. Eu me vi deixando de lado a história, pelo menos por alguns instantes, para acalmar os sentimentos e conseguir voltar a leitura.

A história me surpreendeu bastante e vale muito a leitura. É uma história rápida e uma leitura agradável, mesmo se você for o tipo de leitor que se envolve emocionalmente com cada personagem.
  1. Saudações Lady Michelly,

    Gostei de como organizou a resenha e de como apresentou o livro. Fiquei curiosa e tentada a lê-lo, principalmente porque sou do tipo que se apega demais aos personagens hahaha o que quer dizer que em algum momento posso acabar chorando feito louca, né?

    Venha visitar o Castelo!

    Att.
    A Rainha ♛ The Queen's Castle
    O beijo traiçoeiro
    Trilogia Tês Atos
    Sorteio volta às aulas

    ResponderExcluir

@oventodoleste