Vento do Leste

Um mundo literário com doses do cotidiano

Destaques

Imagem de capa do card
[Resenha] Eu Perdi o Rumo, de Gayle Forman

É uma história que une três pessoas que se sentem perdidas, mas que vão descobrir que não estão sozinhas.

Ler o post
Outras postagens
Imagem de capa do card
As 10 capas mais bonitas da minha estante
Ler o post
Imagem de capa do card
Mulheres marcantes na literatura #2
Ler o post

Últimas resenhas

Últimas resenhas

Eu Perdi o Rumo

Editora Arqueiro

Ler o post

O Jardim Esquecido

Editora Arqueiro

Ler o post

Por uma Questão de Amor

Editora Novo Século

Ler o post

Uma noiva para Winterborne

Editora Arqueiro

Ler o post

Uma Dama Fora dos Padrões

Editora Arqueiro

Ler o post

Quinze Dias

Editora Globo Alt

Ler o post

Anuncio

Batman - Criaturas da Noite (Marie Lu)


Batman - Criaturas da Noite
Marie Lu
Editora Arqueiro
Sinopse: As criaturas da noite estão caçando a elite de Gotham. Bruce Wayne é o seu novo alvo.

Bruce Wayne está prestes a completar 18 anos e herdar a fortuna de sua família, além do controle das indústrias Wayne. No entanto, no dia do seu aniversário, ele faz uma escolha impulsiva e é condenado a prestar serviço comunitário no Asilo Arkham, uma mescla de prisão e hospital psiquiátrico onde estão detidos os criminosos mais desequilibrados da cidade.

Lá ele conhece Madeleine, integrante das Criaturas da Noite, um grupo radical que deseja acabar com a elite de Gotham. Até então, a moça se recusava a confessar seus crimes ou informar à polícia os futuros ataques que planejavam, mas ela resolve se abrir para Bruce Wayne, dando início a um perigoso jogo de sedução e inteligência.

Será que o jovem Wayne vai conseguir convencê-la a revelar todos os seus segredos ou ela está apenas manipulando-o para arruinar Gotham? Enquanto o golpe final das Criaturas da Noite se aproxima, Bruce percebe que não é tão diferente de Madeleine. E, mesmo longe de se tornar o Cavaleiro das Trevas, precisará provar que está preparado para deter uma das maiores ameaças que Gotham já presenciou.


A Arqueiro publicou agora em janeiro o segundo livro da coleção Lendas da DC. O primeiro já apareceu aqui no blog e traz a história da Mulher Maravilha (confira a resenha), já neste segundo livro o cavaleiro das trevas está de volta.


Em "Batman: Criaturas da Noite" o leitor será apresentado a Bruce Wayne, nada de capa ou mascaras, nada do famoso herói, mas a história por trás dele. Um garoto cheio de atitude e ideais, rebelde como todo adolescente e dono de uma fortuna.

Perto de sua formatura e enfim assumindo a herança que seus pais deixaram, Bruce será apresentado a um mundo que desconhece, que vai além da segurança de sua mansão ou do que seu dinheiro pode garantir.

No dia em que completa dezoito anos, sua comemoração será uma homenagem aos seus pais, uma festa beneficente cheia de fotógrafos ansiosos por fotos do herdeiro das empresas Wayne Tech. Ao sair da festa mais cedo do que planejava, Bruce percorre as ruas de Gotham e vai de encontro a cena de um crime. Mesmo cercado por policiais e com ordens para se afastar do lugar, um impulso o levará a prestar serviço comunitário por interferir em uma operação policial.

Mas a sua condenação não sairá tão barata assim. Disposta a fazer com que o jovem Bruce Wayne entenda os limites e consequências de seus atos, além de acreditar que ele é mais um riquinho mimado tentando se safar da justiça, a detetive Draccon irá levá-lo para o Asilo Arkham. O lugar abriga os prisioneiros mais perigosos de toda Gotham e Bruce será mais um dos encarregados pela limpeza.


Sua intenção é apenas fazer o que lhe fora imposto até que sua pena chegue ao fim, mas não será fácil. Em meio aos condenados mais desequilibrados de toda a cidade, Bruce irá conhecer Madeleine. A garota aparenta ter sua idade e ser totalmente inofensiva. O que ela poderia ter feito para conseguir uma cela em um lugar como aquele? Ao descobrir que a garota é mais uma integrante das Criaturas da Noite que vem aterrorizando Gotham e responsáveis pelos assassinatos de grandes figurões da cidade, sua curiosidade aumenta ainda mais e vai de encontro com os seus ideais.

Madeleine está no Asilo há meses e ninguém conseguiu com que ela falasse ou reagisse a qualquer pergunta, mas por algum motivo, Bruce chamou sua atenção e será o único capaz de fazê-la falar. Com isso a detetive Draccon deixará com que Bruce faça parte do caso e descubra tudo o que a garota sabe. Mas será que é possível confiar em alguém que foi parar em meio aos piores prisioneiros de toda Gotham? Todos os seus atos parecem ser cautelosamente calculados, nada em Madeleine parece real ou espontâneo, por que Bruce deveria acreditar nela?

Posso ter sido jovem demais para salvar os meus pais, mas agora sou capaz de fazer justiça. Posso impedir outras mortes antes que as Criaturas da Noite voltem a atacar. Não serei a próxima vítima deles.


— Sempre curioso, não é? — disse ela. — Foi por isso que voltou aqui para conversar comigo, sem qualquer vantagem além da satisfação do seu próprio interesse. Foi por isso que bateu o carro na perseguição e veio esfregar chão aqui no Arkham. Acha que vai solucionar o mistério das Criaturas da Noite, não acha?


O envolvimento de Bruce com as Criaturas da Noite será o início do cavaleiros das trevas. Neste livro é possível identificar pedaços da personalidade marcante do herói que vem conquistando gerações. Sua capacidade de lidar com o que aparece e do seu senso de justiça, partes da história te levarão a lembrar do Batman que já conhecemos. Ele irá até o fim para descobrir os mistérios que envolvem as Criaturas da Noite e ajudar a por um fim nos seus crimes.

A história é envolvente, rápida e segue o mesmo estilo do primeiro livro da coleção, "Mulher Maravilha: Sementes da Guerra". Apesar de ter encontrado alguns pontos que ficaram soltos durante a leitura, não acho que foi o suficiente para desmerecer a história. O final não é previsto desde o início, mas deixa o leitor com curiosidade e ansioso por algo mais. Por fim, mais que recomendo a leitura!

@oventodoleste