Vento do Leste

Um mundo literário com doses do cotidiano

Destaques

Imagem de capa do card
[Resenha] Eu Perdi o Rumo, de Gayle Forman

É uma história que une três pessoas que se sentem perdidas, mas que vão descobrir que não estão sozinhas.

Ler o post
Outras postagens
Imagem de capa do card
As 10 capas mais bonitas da minha estante
Ler o post
Imagem de capa do card
Mulheres marcantes na literatura #2
Ler o post

Últimas resenhas

Últimas resenhas

Eu Perdi o Rumo

Editora Arqueiro

Ler o post

O Jardim Esquecido

Editora Arqueiro

Ler o post

Por uma Questão de Amor

Editora Novo Século

Ler o post

Uma noiva para Winterborne

Editora Arqueiro

Ler o post

Uma Dama Fora dos Padrões

Editora Arqueiro

Ler o post

Quinze Dias

Editora Globo Alt

Ler o post

Anuncio

[Leia.Seja.] O que é o leitor?

Quantos livros você leu só neste ano? Independente da quantidade de páginas ou do gênero literário. Quantos? Dois ou três? Mais? Se for um único livro, qual a sensação de fechá-lo e encerrar uma história?

Não importa se você está lendo em casa, no trabalho, no ônibus ou no metrô... Viver um mundo distante do seu, observar a vida de um personagem através das suas crenças e experiências de vida traz uma sensação diferente para cada um. Você pode ler a crítica literária daquele blogueiro que você adora e mesmo assim pode passar longe da ideia que ele criou sobre um livro.

Definir um leitor por suas escolhas literárias é esquecer que somos pessoas com gostos diferentes. Pessoas que vão da leitura de clássicos a Young Adult sem julgar aqueles que leem autoajuda. É aceitar que cada vez mais os autores estão dando a chance para que todos encontrem um pedaço do que buscam dentro de cada livro.

Então, por que desprezar leitores de um gênero literário que foi escrito pensando neles? Em um mundo onde os jovens precisam aprender a se posicionar cada vez mais cedo, ter um autor que pense neles não deveria ser bom?

É hora de aproveitar a onda de livros que está surgindo e ganhando espaço entre um público que lê pouco. Jovens que leem por gosto e não por serem obrigados. É a vez de pensar naqueles que não foram conquistados pelos clássicos. É a vez de pensar em quem vai sair da sua zona de conforto e abrir um novo livro. Seja ele qual for.


Porque ler é algo que molda você e aumenta o seu caráter. Cada triunfo, lição e momento crucial da vida do protagonista se tornam seu.

Esta semana todas as postagens serão voltadas para o Dia Mundial do Livro, em apoio a campanha Leia.Seja., realizada pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (se quiser saber mais sobre ela dá uma olhadinha no post que saiu aqui no blog).

Não deixe de acompanha a página da campanha no Facebook. Aproveita e deixa aqui nos comentários o livro que te tornou leitor. ♥
  1. Que postagem linda!! amei.
    super importante postagens como essa.
    parabéns!!


    https://escreverdayse.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ainn que saudade de vir aqui! nossa tá lindo, como sempre <3

    Eu sempre gostei de ler, mas hoje em dia acabo não lendo muito, mas eu concordo tanto com o que você escreveu, é como se fosse a coisa de você julgar pela roupa, ou pela gosto musical. Não importa o gosto literário que a pessoa tem, o mais legal é que ela tá lendo, em um mundo completamente virtual!

    Feliz dia mundial do livro <3
    Acho que o que me fez ler, é pra entrar em contos de fadas sabee, naquele mundo que só tem em livros, eu adoro isso!

    www.mairanamba.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mulher do céu! Estava pensando no seu blog dia desses, mas não encontrava o link certo, haha :(
      Sim, sim! Ao invés de agradecer o fato de que alguns autores estão conquistando um público que li pouquíssimo, estão julgando o que cada um decide ler. :/

      Também adoro contos de fadas, me deixam feliz! *-*

      Beijos

      Excluir

@oventodoleste