O Dezoito Primaveras mudou! Você foi direcionado para o meu novo blog, mas o conteúdo antigo permanece disponível para você. Entenda um pouquinho mais sobre essa mudança neste post aqui.

Newsletter

Receba por email as postagens do blog

[Resenha] Meu Doce Azar, de Beatriz Cortes



Meu Doce Azar
Beatriz Cortes
Editora Novo Século

Sinopse: Alice é uma engenheira bem-sucedida que acaba de descobrir que carrega na cabeça um belo par de chifres. Inconformada com a situação, resolve abandonar o passado e seguir um novo caminho.

Mediante suas novas escolhas, Alice é apresentada ao ruivo que produz nela sentimentos até então desconhecidos no alto dos seus 25 anos. Para conseguir chamar a atenção do “Ed Sheeran” brasileiro, ela conta com a ajuda de sua melhor amiga encalhada e de seu irmão gêmeo desajeitado.

Um romance azarento e fofo, “Meu doce azar” vai lhe trazer ótimas gargalhadas e a seguinte incógnita: dá para conquistar o amor da sua vida sem um empurrãozinho da sorte?

Sobre o Livro

Alice tem vinte e cinco anos, apaixonada por ruivos, tem o próprio apartamento, é engenheira, tem um ótimo emprego e um ex-namorado que a traiu com a secretária. Vive lado a lado com o azar. Quando algo começa a dar bem em sua vida, ela já se prepara para o que virá de ruim.

Não faz nem uma semana que terminou o relacionamento de anos, quando o seu chefe entra na sua sala com o filho. Rafael é o novo advogado da empresa, é inteligente, gato e ruivo! Imediatamente, Alice sente uma forte atração por ele. A situação não melhora nem um pouco ao saber que terá reuniões constantes com o ruivo, que ela passou a chamar de Ed Sheeran brasileiro.

A fim de resolver o problema em uma das obras da empresa, os dois viajarão para Campinas sozinhos. Essa era a chance que Alice precisava. Junto com Laura, sua melhor amiga, irá planejar a forma perfeita de conquistar o ruivo mais lindo que ela já conheceu. Ela irá em busca da própria sorte.


Serão três dias de surpresas e com o azar perseguindo todos os seus passos. Na primeira noite, Alice e Rafael decidem se divertir em um barzinho. A noite que começou bem termina com o azar de Alice dando as caras. Completamente envergonhada, só resta o bom humor de Rafael para compensar o que os dois jamais irão esquecer.

Apesar da amizade que criaram nada dava indício que algo aconteceria. Até que Rafael resolve contar a sua história para Alice e fazer um convite assustador e ao mesmo tempo tentador. Alice fica divida entre seguir os seus princípios ou a ilusão de uma chance de conquistar o Ed Sheeran brasileiro. Se aceitar, Alice terá que torcer para que seu azar não atrapalhe as coisas. Sem contar que o Rafael também não parece ser a pessoa mais sortuda do mundo. Seria mais fácil decidir se pudesse contar com seu irmão gêmeo e a melhor amiga, mas Rafael pediu segredo. O que ela deveria fazer?

Se você está tão decepcionada a ponto de não acreditar mais na sinceridade das pessoas, a vida trará alguém para te provar que acreditar é necessário para viver um sonho considerado impossível. E não é isso que estamos buscando? O que consideramos impossível!



O que eu achei?

Alice é uma protagonista diferente de várias mocinhas que nos acostumamos a ver nas histórias. É uma mulher independente, que corre atrás dos seus sonhos e que apesar da maré de azar sempre presente em sua vida, é bem sucedida profissionalmente.

A história começa com o fim de um relacionamento longo e abusivo. Um cara que a traiu e não a deixa em paz, com a esperança de ter a namorada de volta. Alice é fiel aos seus princípios e uma das suas decisões é casar virgem. Durante os dois anos de namoro, nunca deixou que as coisas avançassem. Já o Rafael apareceu para abalar suas estruturas. Como é possível resistir a um cara como ele? Cheio de charme, um tanto tímido, ruivo (!) e com uma barba maravilhosa!

Enquanto isso, Rafael é o mais próximo que já encontrei, nos livros, de uma versão real de um príncipe encantado, isso faz sentido? Não sei se sou capaz de descrevê-lo. O cara é a educação em pessoa, respeita as decisões da Alice e sabe como conquistar uma pessoa. Acabei o livro completamente apaixonada por ele.



A leitura é leve e divertida. Não houve um capítulo em que não me peguei sorrindo e até mesmo chorando de rir com as situações que foram acontecendo. É um livro para desbancar preconceitos presentes no nosso dia-a-dia e traz uma versão mais real de um conto de fadas. Sem aquela típica versão onde a mocinha é obrigada a esperar que tudo aconteça. Aqui, Alice cria a própria sorte.
  1. Passando bem rapidinho para te convidar a participar de um evento para divulgar, promover e gerar novos contatos e conteúdos para seu blog.
    Venha conhecer e convide suas amigas: http://www.bembela.com/2018/06/maratona-beda-interblogs-2018-inscricoes-para.html

    ResponderExcluir
  2. Ahhhhhh que resenha mais linda! Tô apaixonada! Obrigada pelo carinho, fico feliz que tenha gostado de Alice e do seu super azar hahahaha <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei o seu livro! Espero que logo venha a continuação <3

      Excluir