O Dezoito Primaveras mudou! Você foi direcionado para o meu novo blog, mas o conteúdo antigo permanece disponível para você. Entenda um pouquinho mais sobre essa mudança neste post aqui.

Newsletter

Receba por email as postagens do blog

[Resenha] Baía dos Suspiros, de Nora Roberts



Os Guardiões: Baía dos Suspiros
Nora Roberts
Editora Arqueiro

Sinopse: Para celebrar a ascensão ao trono de sua nova rainha, as deusas da lua criaram três estrelas, de fogo, água e gelo. Mas a deusa da escuridão as fez cair do céu, pondo em risco o destino de todos os mundos. Os seis guardiões, três homens e três mulheres de natureza especial, seguem unindo forças na busca pelas estrelas.

Com sua bússola mágica, Sawyer King os transporta para a ilha de Capri, onde está escondida a Estrela de Água. Agora, eles vão precisar contar ainda mais com a sereia Annika. Nova neste mundo, sua pureza e beleza são de tirar o fôlego, assim como sua lealdade e disposição em proteger os novos amigos.

Sawyer logo se vê atraído por seu espírito alegre. Mas Annika deve voltar para o mar em breve, e ele sabe que, se permitir que ela entre em seu coração, nenhuma bússola será capaz de guiá-lo para a terra firme…

Enquanto isso, na escuridão, Nerezza está furiosa com a primeira derrota e planeja um retorno ainda mais maligno. Ela perdeu uma estrela para os guardiões, mas ainda há tempo para derramamento de sangue. Pois uma nova arma está sendo forjada. Algo mortal e imprevisível.

Sobre o livro

No primeiro livro da série conhecemos Sasha, Bran, Annika, Sawyer, Riley e Doyle. Os seis são os guardiões das Estrelas da Sorte. As estrelas foram o presente de três deusas para comemorar a ascensão da nova rainha. Tentando roubar o poder das estrelas para si, Nerezza – deusa da escuridão – amaldiçoou as para que elas caíssem e assim dominaria todos os mundos. Para proteger as estrelas, as três deusas as esconderam para que somente os escolhidos pudessem encontra-las. Para isso, as deusas deram a cada guardião um poder distinto para que pudessem cumprir com a missão que compartilham.

As estrelas cairiam; elas não podiam impedir esse destino. Mas cairiam sem serem vistas, e permaneceriam ocultas em outro mundo até o momento em que aqueles que vieram delas se uniriam para buscá-las e protegê-las. Seis guardiões, que arriscariam tudo para mantê-las longe das mãos diabólicas de Nerezza.

Anos passaram para que os seis guardiões enfim estivessem juntos e iniciassem a busca pelas estrelas. Não seria fácil encontra-las e Nerezza já estava a postos para impedi-los. Mas a primeira estrela foi encontrada, não sem uma boa briga. Agora precisavam encontrar as outras.

No primeiro livro, a história é contada a partir do ponto de vista da Sasha e do Bran, a vidente e o bruxo. Neste livro, Annika e Sawyer, a sereia e o viajante do tempo, ganham destaque.


Annika sabia que não poderia contar aos amigos a sua origem. Foi uma promessa feita para que pudessem viver fora dos mares e ajudar na busca. Em um momento de perigo, ela foi obrigada a revelar o seu segredo e agora lhe resta pouco tempo antes que seja obrigada a voltar para o mar.

Enquanto isso, Sawyer não consegue tirar os olhos da sereia. Qualquer um concordaria que Annika é uma mulher maravilhosa, forte e cheia de um brilho sem igual. Nada é capaz de acabar com o seu bom humor, a não ser o bem estar daqueles que ama. Não será nada fácil viver todas as aventuras e os perigos desta busca com uma mulher que logo será obrigada a voltar para o mundo de onde veio.

E claro que o sentimento entre eles cresce a cada dia e Sawyer se vê em meio a um dilema: se manter afastado de uma mulher inocente, que está descobrindo o mundo a sua volta, ou viver o amor que os poucos vai ganhando força?

O livro começa mostrando a preparação dos seis após a primeira batalha com a deusa da escuridão. Uma batalha difícil e que ninguém saiu ileso. Agora eles sabem que podem machucar Nerezza e que ela os subestimou. Antes mesmo de iniciar a busca pela segunda estrela, os guardiões já sabem que desta vez Nerezza irá calcular melhor os seus passos e o ataque será maior. Na visão de Sarah, Nerezza se uniu a um humano forte, inteligente e sem escrúpulos. Graças aos seus poderes, ele está se transformando em algo mais perigoso. Agora, mais do que nunca, os seis precisarão tomar cuidado com os passos que darão.

A pista da segunda estrela foi encontrada em Capri, na Itália. Um lugar não menos paradisíaco do que a ilha na Grécia, em que estavam no primeiro livro. Conforme as pistas e as visões da Sarah, a próxima estrela a ser encontrada é a da Água e Annika terá um papel fundamental nesta busca.

O que eu achei?

Para começar, esse livro me surpreendeu tanto quanto o primeiro. Desta vez a autora trouxe mais romance e batalhas mais intensas. Depois do primeiro livro, já ficou bem claro os pares que se formariam com o desenrolar da história e, como já é habito da autora, os livros são apresentados a partir do ponto de vista de cada casal.


Annika e Sawyer são maravilhosos. Tenho o péssimo hábito de me apaixonar pelo primeiro casal que aparece na história e ficar com um pezinho atrás com os que vão surgindo, mas desta vez foi diferente. A construção dos personagens faz com que o leitor torça e se apaixone por cada um deles. Com esses dois não foi diferente. O afeta entre eles vai crescendo de forma tranquila, sem ser imposta, e isso faz com que o leitor acredite no que está acontecendo. O que não aconteceu, onde pareceu ser um casal predestinado a ficar junto, algo não escolhido por eles. Neste livro, fica bem claro o que os dois sentem e como o sentimento vai sendo descoberto. O amor dos personagens é ponto principal do livro, mas a amizade entre eles também é forte.

A descrição das batalhas e a forma como elas acontecem também foi um ponto forte desse livro. Acredito que pelo anterior ter sido o primeiro da série e por ter muitas coisas para serem contadas, algumas coisas passaram despercebidas e não ficaram bem explicadas.

Um livro encantador e que prende o leitor a cada página. A história é rápida, leve e contagia.
  1. Nossa, se fosse "julgar livro pela capa" eu jamais imaginaria sereias e batalhas contra uma deusa da escuridão... ADOREI! Uma surpresa boa. Adorei isso de os casais serem "adicionados" aos poucos ao longo da trilogia, pra você ir se apaixonando devagarzinho por cada um deles... Parece ser uma história gostosa, fiquei curiosa!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que premissa encantadora. Eu amo esses livro de fantasia, e que misturam romance com batalhas e elementos da natureza. Faz um tempo que não leio um livro nessa vibe, então fiquei super curiosa para ler não só esse, como os outros livros da autora :) a resenha ficou linda!

    ResponderExcluir
  3. Eu tô numa vibe fantasia e fiquei encantada com a história, sinceramente, eu amo essa coisa de equipe de guerreiros que se juntam - bem guardiões da galáxia, sabe?

    Nora Roberts é incrível, eu acho a escrita dela bem fluída. Já imaginou o quanto deve estar incrível essa história?

    Amei sua resenha, sua escrita é incrível e seu post tão organizado <3 Sério, você é incrível.

    com amor, Eva
    amavelgirassol.blogspot.com

    ResponderExcluir