Vento do Leste

Um mundo literário com doses do cotidiano

Destaques

Imagem de capa do card
[Resenha] Eu Perdi o Rumo, de Gayle Forman

É uma história que une três pessoas que se sentem perdidas, mas que vão descobrir que não estão sozinhas.

Ler o post
Outras postagens
Imagem de capa do card
As 10 capas mais bonitas da minha estante
Ler o post
Imagem de capa do card
Mulheres marcantes na literatura #2
Ler o post

Últimas resenhas

Últimas resenhas

Eu Perdi o Rumo

Editora Arqueiro

Ler o post

O Jardim Esquecido

Editora Arqueiro

Ler o post

Por uma Questão de Amor

Editora Novo Século

Ler o post

Uma noiva para Winterborne

Editora Arqueiro

Ler o post

Uma Dama Fora dos Padrões

Editora Arqueiro

Ler o post

Quinze Dias

Editora Globo Alt

Ler o post

Anuncio

[Resenha] As irmãs Grimm: Suspeitos Incomuns, de Michael Buckley



As irmãs Grimm: Suspeitos Incomuns
Michael Buckley
Editora Pandorga
Onde comprar: Amazon

Sinopse: Para Sabrina Grimm viver em uma comunidade de personagens de contos de fadas significa estar sempre pronta para enrascadas. E há algo muito errado em sua nova escola. Os adultos estão nervosos demais as crianças estão dorminhocas demais e o professor de ginástica gosta de queimada além do normal. É claro que sua irmãzinha Daphne está se divertindo como nunca. ( E quem não se divertiria tendo Branca de Neve como professora? Ela é tão boazinha!). mas quando o professor de Sabrina o Senhor Ranzinzo é encontrado pendurado em uma gigante teia de aranha até mesmo Dahpne sempre alegre percebe que a escola Ferryport Landing Elementary tem um problema monstro.

Sobre o livro
Não faz muito tempo que as irmãs Grimm descobriram que são descendentes de Jacob e Wilhelm Grimm, e a história por traz dos personagens de contos de fadas, que até então elas nem sabiam que existiam.

Como a guerra entre os seres humanos e as criaturas mágicas (ou Sobreviventes) na Europa estava cada vez mais próxima de acontecer, Jacob e Wilhelm Grimm resolvem levar alguns Sobreviventes para a América e evitar um confronto. O continente ainda não estava completamente habitado e assim os Sobreviventes puderam viver tranquilos por algum tempo. Mas a expansão foi levando os humanos para Ferryport Landing, onde os Sobreviventes estavam. Quando os irmãos Grimm descobriram o plano de algumas criaturas mágicas para destruir os humanos, eles decidiram se unir a bruxa mais poderosa da cidade e lançar uma barreira por toda Ferryport Landing, que impediria que qualquer Sobrevivente e mesmo os Grimm pudessem sair de lá.



Sabrina e Daphne ainda estão acostumando com a nova vida na casa da avó – Relda Grimm – e com todas as criaturas que elas não conheciam vivendo disfarçados em meio aos humanos. Há mais de um ano seus pais desapareceram e as irmãs foram obrigadas a passar por vários lares adotivos (um pior que o outro) até que a assistente social conseguiu localizar a avó das meninas. Antes do desaparecimento dos pais, as duas sequer sabiam que tinham uma avó e morar com uma senhora que acredita que criaturas mágicas são reais não seria nada fácil. O pai das meninas nunca gostou que elas lessem os contos de fadas, por isso elas não sabiam nada sobre eles. Pelo menos não até a avó ser sequestrada por um gigante.

Após resgatarem a avó e resolverem o mistério, as meninas descobrem que os pais estão vivos e estão presos em um lugar protegido por uma magia muito poderosa.


O segundo livro traz um novo caso para as irmãs resolverem. Diferente da irmã, Sabrina, com todos os seus onze anos de vida, desconfia de todos os Sobreviventes. Agora ela sabe que um deles foi o responsável pelo desaparecimento dos seus pais. Cada vez mais frustrada e irritada por não conseguir salvá-los, Sabrina vê em cada criatura um suspeito e ela não está disposta a confiar em ninguém. Até mesmo o Puck, o menino fada que mora da casa da avó e que está sempre pregando peças na Sabrina não vai conseguir fugir da raiva que a garota está sentindo.

Enquanto isso, Daphne, com seus sete anos, está encantada com as criaturas mágicas e não vê problema em se aproximar deles.

Para piorar as coisas, elas agora precisam voltar para a escola, mais um inconveniente para deixar Sabrina irritada. Ela quer continuar pesquisando até descobrir algo que sirva para salvar os pais, mas depois de três semanas com mentiras a avó consegue obriga-las a assistir as aulas. Daphne está adorando a nova turma, mas Sabrina logo percebe que há alguma coisa errada com os alunos, que estão cada vez mais sonolentos. Mas é quando ela entra na sala de aula que ela é surpreendida. Sabrina encontra o seu professor morto. A única prova do crime é uma marca que deixa todos aterrorizados, a mesma que foi encontrada no lugar em que os seus pais estavam. Quando a vovó Grimm chega para investigar o que houve, Sabrina logo entende que foi mais um assassinato cometido por algum Sobrevivente. Mais do que nunca ela sabe que não pode confiar neles.

Enquanto todos seguem na direção errada e no suspeito errado, a vovó Grimm aos poucos vai encontrando as pistas certas e descobre uma organização pronta para destruir o que há anos a família Grimm está protegendo: a barreira. A proteção que mantém todas as criaturas mágicas presas a cidade está ameaçada e impedir que isso aconteça pode ler as irmãs Grimm ao paradeiro dos pais.

"– A Mão Escarlate não é uma pessoa, menina. É um movimento, uma ideia. É maior que todos nós e eu sou apenas uma peça nesse maquinário todo."

O que eu achei?


Esse livro já apareceu algumas vezes aqui no blog, a última vez foi na lista de livros com capas mais bonitas na minha estante (se você ainda não viu, corre para ler o post) e disse que logo queria trazer a resenha dele. Mas é sempre difícil escrever sobre um livro que te surpreende. Ao mesmo tempo em que você quer falar tudo sobre ele, precisa prestar atenção para não falar mais do que pode. 🙉 Já o motivo de eu ter trazido o segundo livro para apresentar a história é porque eu ainda não encontrei o primeiro livro em lugar algum. Nem mesmo no site da editora eu encontro a edição, mas, para felicidade de quem lê, o segundo livro traz um capítulo dedicado a explicar em que ponto a história parou, então não há nada que dificulte a leitura a partir deste livro.

É uma história para quem gosta de contos infantis, mas com questões que vão além dos contos de fadas. Nele você vai encontrar as criaturas mágicas que estiveram presentes na infância de muita gente, mas o foco principal é no amadurecimento das duas meninas. Além de enfrentar o desaparecimento dos pais, também precisam sobreviver a grandes perigos. Bem diferente das situações que as mocinhas dos contos de fadas antigos jamais pensariam em enfrentar.

Já os personagens são incríveis! A vovó Relda é esperta, divertida e inteligente, ela é fora da caixinha, sabe tudo sobre os contos de fadas e irá fazer qualquer coisa para proteger as netas. Sabrina, especialmente nesse livro, é extremamente rabugenta. No terceiro livro ela tende a melhorar um pouquinho, mas neste ela desconta toda a raiva que tem por não estar com pais em qualquer um, mesmo naqueles que querem ajudar. Daphne é a criança descobrindo a magia, acho que representa um pouco de todos nós quando descobrimos a fantasia. Agora o meu personagem favorito no livro é o Puck! Vive para fazer travessuras, não leva nada a sério, a não ser quando precisa proteger as pessoas que estão ao seu lado.

Enfim, eu amei esse livro e espero que você tenha a chance de conhece-lo também! É um livro que nos faz recordar pedaços da infância e descobrir novas versões das histórias mais famosas dos irmãos Grimm.


  1. Nossa, eu não conhecia esse livro, mas já gostei da premissa. Acredita que hoje mesmo eu comecei a ver a série Grimm? E cá estou eu lendo uma resenha sobre as irmãs Grimm... kkk Eu amei a resenha, só não fiquei mais feliz pq o primeiro volume está difícil de achar. Mas ache as meninas um amorzinho e espero que um dia eu possa ler as aventuras delas. :)
    Bjks!

    http://mundinhodahanna.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Adoro histórias de fantasia, achei bem interessante o fato dessa divisão entre os seres mágicos e os humanos, dá vontade de saber se as duas meninas conseguiram! Ótima resenha e tenho certeza que iria amar o livro! Kissus

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Eu adoroooo de paixão tudo que fala sobre os irmãos Grimm, mesmo que não tenham sido escritos por eles, mesmo assim, to comprando. Hoje mesmo comprei o box com todas as histórias deles que estava em promoção na amazon...kkk

    Bom, esse livro eu já tinha visto algumas fotos dele mas, a sua resenha é a primeira que eu leio e me deixa realmente curiosa para saber o que vai acontecer com essas duas meninas! Procurei os livros na amazon e realmente, não encontrei o primeiro volume, espero que entre em estoque logo.

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir

@oventodoleste