Utilizamos cookies e outras tecnologias de medição para melhorar a sua experiência de navegação no nosso site, de forma a mostrar conteúdo personalizado, anúncios direcionados, analisar o tráfego do site e entender de onde vêm os visitantes. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Lançamentos da Faro Editorial para Março

Escrito por


Oi! Como você está?

Os dias estão um pouco corridos por aqui e ainda estou tentando me encaixar em tudo o que vem mudando na minha vida. Até mesmo a leitura tem ficado um tanto de lado, mas estou caminhando para reencontrar o meu ritmo.

Mas vamos ao que interessa! Este mês a Faro Editorial vem cheia de surpresas para todos os leitores e já estou aguardando ansiosamente para conhecê-los melhor!





1. Imperfeitos, de Christina Lauren

Uma comédia romântica para aquecer o coração, um daqueles clichês que a gente ama e favorita logo de cara. "Imperfeitos" já vendeu mais de 1 milhão de exemplares e chegará em breve aos cinemas. Confira a sinopse:

Olive se sente como a gêmea azarada da casa: dos acidentes estranhamente inexplicáveis ao fracasso na vida profissional e amorosa — nada dá certo para ela. Porém, parece que o jogo vira quando sua alergia a frutos do mar a protege de um desastre, já que todos os convidados da festa de casamento da irmã sofrem com intoxicação alimentar.

Na verdade… nem todos. Ethan, o irmão do noivo, também ficou de fora desse pesadelo. Então, a irmã de Olive, sempre muito prática, propõe a eles que aproveitem a viagem de lua-de-mel, que não é reembolsável, para uma ilha do Havaí.

Mas há um “pequeno” problema: Olive e Ethan são inimigos mortais. Há um passado entre eles que tornou a convivência impossível. Mas quem vai dizer não para essa viagem? Ainda mais de graça? Nem pensar!

A ideia de ambos era ficar bem longe um do outro, mas a situação muda quando uma mentirinha boba vai crescendo e não podem voltar atrás. E dividindo a mesma suíte, entre farpas e sarcasmos, já se pode desconfiar…. onde tem raiva tem fogo?


Christina Lauren é o pseudônimo da dupla de maior sucesso na literatura e melhores amigas de longa data, Christina Hobbs e Lauren Billings. Juntas, já escreveram mais de uma dezena de livros que se tornaram best-sellers. Seus livros já foram traduzidos para mais de trinta idiomas.






2. Esta não é apenas uma carta de amor, de Day

Este é o primeiro livro escrito pela cantora Day, publicado em paralelo ao lançamento do seu primeiro álbum "Bem-vindo ao clube". Confira a sinopse:

Amor, sonhos e inspirações – uma breve história pessoal por trás de suas canções.

Cantora e compositora, Day surgiu como um furacão, com suas letras intensas, temas fortes, narrando fases da vida.

Dona de uma coragem rara, uma energia marcante, frutos de sua vida sincera, não esconde medos; generosa, compartilha suas experiências nas canções porque acredita que com a arte é possível elevar a realidade para um lugar muito mais interessante.

Cada capítulo deste livro começa com a letra de uma música de seu novo álbum, o mais autobiográfico: um dos sonhos que vê realizados, e que é muito, mas muito mais do que apenas uma carta de amor.





3. Turma da Mônica Jovem: Mudando o Jogo (Volume 1), de Mauricio de Sousa

O primeiro livro do Maurício de Sousa pela Faro Editorial já está entre nós! Acho que posso dizer que uma parte considerável dos adultos de hoje cresceu lendo as histórias dessa turma maravilhosa. Fiquei muito feliz quando a notícia chegou por aqui e já estou doida para ler! 💜

Sucesso de público e crítica, a série animada da Turma da Mônica Jovem, exibida e coproduzida pelo Cartoon Network, chega aos livros numa versão livro com ilustrações.

Neste primeiro volume, são três histórias: um incrível torneio de games chacoalha as estruturas do bairro do Limoeiro, duas festas rivalizam a atenção da turma na noite em que a Superlua aparecerá no céu e o misterioso Rei dos Trolls faz ataques virtuais a todos os amigos da Mônica, que decide descobrir quem é ele.





4. O Livro da Sorte, de Laudelino de Oliveira Lima

Chegou um novo selo a Faro EditorialMoby Dickes chega com histórias infantis para conquistar os pequenos leitores! Em sua estreia, teremos "O Livro da Sorte" inspirado em uma história real. Confira a sinopse:

Um caminhão tombado na estrada atrai a corrida de moradores de uma comunidade… chegando lá, descobrem que a carga era de livros e todos ficam frustrados… menos uma menina.

Aninha é uma menina sonhadora, alegre e curiosa. Certo dia, ela encontra um valioso tesouro de capa azul: o livro da sorte.

Ela lê para as bonecas, descobre novas aventuras na biblioteca da escola e explora outras histórias incríveis ao lado da mãe. Os anos se passam… e os livros sempre fazem parte de seu dia a dia.

E de uma coisa Aninha tem certeza: livros mudam vidas.




5. Cartas de um Resiliente, de Sêneca

Este é o segundo volume da coleção da Faro Editorial, que irá apresentar as principais ideias do estoicismo. Nesta coleção, você encontrará as primeiras cartas de Sêneca e poderão ser lidas forma independente. Confira a sinopse:

Ela ensina como diferenciar o que você não pode controlar do que pode. Fundamentada na razão, o estoicismo propõe um novo olhar para a vida, com conceitos práticos que ajudam as pessoas a transformar ideias em ação.

Lidar com as frustrações, com a sensação de tempo perdido, enfrentar os imprevistos e aceitar o que não pode ser controlado. Baseado na filosofia estoica, Lúcio Aneu Sêneca criou um tratado para responder a essas e outras perguntas há mais de dois mil anos.

E esses conselhos permanecem bastante atuais, pois incentivam a capacidade de sermos fortes e resilientes frente aos problemas. Segundo o autor, a melhor forma de lidar com um fracasso, desilusão, angústia, ou qualquer outro sentimento negativo, é ajustar nossa visão de mundo à realidade, e não tentar ajustar a realidade às nossas fantasias. Quanto mais cedo entendemos isso, mais facilmente vencemos os desafios que ele nos apresenta.

Neste volume, Sêneca apresenta sua visão filosófica sobre aproveitar todo o nosso tempo para expandir a mente além do plano material, a fim de assumirmos o comando de nossa própria vida, com base na virtude e no bem comum.




6. (In)Justiça Social, de Helen Pluckrose e James Lindsay

Dos mesmos autores de "Teorias Cínicas", "(In)Justiça Social" traz em uma linguagem mais direta e simples sobre temas que precisam ser debatidos. Confira a sinopse:


Este é um livro sobre a avalanche de teses exóticas e baseadas em argumentos subjetivos que passaram a dominar todas as discussões sobre raça, gênero, identidade e outros tópicos que permeiam o campo do politicamente correto.

Você já deve ter lido na imprensa que ser obeso também é saudável, que não existe gênero biológico, que valorizar o trabalho e o sucesso são traços de uma supremacia branca. Ou ainda que somente algumas pessoas podem usar certas roupas e penteados, interpretar papéis no teatro e no cinema, por argumentos como lugar de fala e de apropriação cultural — teorias absurdas que não se sustentam a uma simples verificação da história.

Os autores de Teorias Cínicas retornam para desmistificar muitas dessas ideias inventadas recentemente que não possuem bases científicas, e não levam em conta a complexidade de cada tema, ignorando dados quando não atendem seus propósitos, criando a todo momento um novo inimigo justamente nas sociedades mais organizadas, e contaminando o restante do mundo.

E para o bem da verdade, essas ideias prejudicam os próprios princípios de igualdade e acesso democrático sobre os quais as civilizações mais prósperas foram construídas. Basta analisar que seus proponentes utilizam conceitos que não foram testados — e não possuem, portanto, comprovação de que trazem benefícios —, ou quando foram testados, o que trouxeram foi miséria e caos social, alcançando apenas parte de sua proposta: um prejuízo igualitário, que piora a situação de quem está na base da pirâmide.


Comentários