Utilizamos cookies e outras tecnologias de medição para melhorar a sua experiência de navegação no nosso site, de forma a mostrar conteúdo personalizado, anúncios direcionados, analisar o tráfego do site e entender de onde vêm os visitantes. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

[Lançamentos] Livros da Faro Editorial para Julho

Escrito por



Oi! Como você está?

Quando sentei para escrever esse post, acabei me surpreendendo com a velocidade com que esse ano chegou a metade. Os dias passaram sem que me desse conta. Eu costumo usar a data do meu aniversário para medir a velocidade com que as coisas acontecem. Costumava dizer que depois desta data, o ano acabaria rapidamente. Do jeito como as coisas andam, não acredito que este ano será diferente.

Mas vamos ao que interessa...

Para o próximo mês, a Faro Editorial vem com livros incríveis e que espero ter a chance de ler em breve.


1. A Construção da Maldade, de Roberto Motta

Este livro traz uma discussão importante sobre como a criminalidade ganhou força e assombra os brasileiros. E o mais importante: por que as pessoas que deveriam buscar soluções para proteger a população não buscam uma solução? Confira a sinopse:

Os altos índices de criminalidade do Brasil podem ser explicados de formas complicadas ou simples, mas as explicações geralmente não apontam soluções viáveis. Isto porque muitos “especialistas” em segurança defendem ideias tão absurdas que focam em reduzir o poder da polícia, promovendo a insegurança jurídica de quem combate o crime.

No fundo, todo brasileiro vive com perguntas que nunca são respondidas: os responsáveis pelas leis e pela justiça realmente querem o bem-estar geral ou eles próprios ganham com o caos? Por que o combate ao crime não é prioridade dos políticos? O criminoso é mesmo um pobre coitado? Estas são apenas algumas das questões.

Nesta obra, Roberto Motta explora as origens sociais, econômicas e jurídicas da crise com a autoridade de quem cuidou da transição da segurança pública do Rio de Janeiro em 2018 e estuda profundamente o assunto há anos.

O que você tem agora em mãos é uma obra que identifica os problemas, investiga as causas e aponta os caminhos a serem percorridos para vivermos em um país com menos crimes. Mas isso não vai acontecer se continuarmos depositando nossas esperanças em “especialistas” de gabinete e em seus diagnósticos equivocados. Roberto Motta prova isso com fatos, números e histórias. A realidade que vivemos é terrível, mas pode mudar, e rápido. Tudo começa com análises corretas.

Sobre o autor: Roberto Motta é engenheiro, mestre em gestão e ex-consultor do Banco Mundial. Roberto participou da transição do governo do Rio de Janeiro em 2018, supervisionando a transferência da segurança do Gabinete de Intervenção Federal para as Secretarias de Polícia Civil e Militar, e exerceu o cargo de Secretário Executivo do Conselho de Segurança (antigo cargo de Secretário de Segurança).



2. Ponte do Medo, de Taylor Adams

Eu tive um pequeno surto quando vi este livro na lista! Se você ainda não leu ou não lembra do autor, Taylor Adams é o mesmo autor do livro "Sem saída", também publicado pela Faro Editorial em 2019. O motivo do meu surto? É fácil: "Sem saída" foi um livro que me surpreendeu do início ao fim. Acabei lendo o livro em um único dia de tanta ansiedade e nervosismo que estava para descobrir o que iria acontecer. É um suspense que merece ser lido! Portanto, desde que a Faro anunciou que publicaria um novo livro do autor, tenho esperado ansiosamente. Agora, "Ponte do Medo" está no topo da minha lista de leitura! Confira a sinopse:
 
Três meses atrás, Cambry, a irmã gêmea de Lena, dirigiu até uma ponte remota e saltou 60 metros para a morte. Pelo menos, essa é a versão oficial da polícia.

Então, Lena pega a estrada, dirigindo o carro da irmã, munida de um gravador, determinada a descobrir o que realmente aconteceu, para entrevistar o policial no local onde ele encontrou o corpo de Cambry.

O cabo Raymond aceita encontrar Lena. Ele é simpático, franco e profissional. Mas sua história não parece se encaixar. Registros de ligações da irmã para a polícia e mensagens cortadas com partes reveladoras desenham algo mais complexo.

Lena fará de tudo para revelar a verdade. Mas, conforme vai descobrindo mais detalhes, a busca se transforma em uma luta pela própria sobrevivência – pois colocará à prova tudo o que ela achava que sabia sobre a irmã e sobre si mesma.

Sobre a autora: Taylor Adams é um aclamado escritor de thrillers e diretor de curtas-metragens. Graduou-se na Eastern Washington University e ganhou o prêmio Excellence in Screenwriting. Antes de se tornar escritor, Adams trabalhou por muitos anos na indústria do cinema e da televisão. Atualmente reside em Washington, nos Estados Unidos.



3. Esquadrão Alien, de Rezende e Louise Sheran

Um dos youtubers mais aclamados nos dias atuais, em parceria com Louise Sheran, trazem uma história repleta de aventuras. A Faro lançará este livro durante a Bienal do Livro em São Paulo, então anotem na agenda, o lançamento acontecerá no dia 03/07, às 10h, na Arena Cultural.

Prestes a completar dezoito anos, Ava acha a vida um tédio. Sua rotina se resume a ir pela manhã para a escola e, à noite, observar os astros com um telescópio de sua janela. Até que um dia ela sonha que foi abduzida por um extraterreste e depois disso coisas muito estranhas acontecem. Não só com ela…

Julie, sua melhor amiga e Rezende, o colega de classe, também passam por experiências incomuns e descobrem algo sobre a origem da raça humana — segredos guardados por milhares de anos —, mas que agora são revelados.

Isso porque uma batalha entre aliens está prestes a acontecer…

Preparem-se para romance, muita ação e aventuras entre elfos, dragões, mistérios extraterrestes e mais.

Sobre os autores: Em 2017, Rezende foi eleito pela revista Forbes como um dos 91 jovens influenciadores digitais de maior destaque. Escritor com quatro livros publicados, sua saga de ficção, vendeu mais de 500 mil cópias. Possui mais de 46 milhões de inscritos em suas redes sociais, entre YouTube, Instagram e TikTok.

A infância e adolescência de Louise Sheran foram especialmente marcadas por dias no lar de seus avós paternos. A casa era conhecida por uma lenda: segundo antigos moradores, ali viveu uma mulher com dons mágicos e misteriosos. Louise cresceu escutando tantas estórias e contos que afloraram sua criatividade, que agora divide com os leitores.



4. Turma da Mônica: A Hora da Verdade, de Maurício de Sousa

Chegou o lançamento do quarto volume da série de livros da Turma da Mônica Jovem com o selo Milkshakespeare! Confira a sinopse:

A premiada série animada da Turma da Mônica Jovem, exibida e coproduzida pelo Cartoon Network, sucesso de público e crítica, chega aos livros em novelizações de seus capítulos.

Neste quarto volume, mais três histórias que escancaram as incertezas e inseguranças dessa fase tão importante da vida. Mônica compõe uma música, mas o problema surge quando descobrem que a inspiração está no seu diário! Jeremias está dividido entre a recém-descoberta paixão pelo teatro e uma viagem com Titi. E Cebola vai se ver pra lá de angustiado quando Do Contra convida Mônica para o jantar de namorados do Limoeiro! E agora?


5. Contra toda Censura, de Gustavo Maultasch

Para articular a defesa contra a censura, os defensores da liberdade de expressão precisam voltar aos fundamentos: afinal, por que a liberdade de expressão é tão importante? Por que não se deve confiar ao Estado a função de definir o que pode ou não pode ser dito?

Quais os limites da liberdade de expressão? E por que é bom, para as próprias minorias e para a própria democracia, que se reconheça a liberdade de expressão inclusive para o discurso de ódio e de ataque às instituições democráticas?

Com clareza, precisão e diversos exemplos históricos, Gustavo Maultasch explora esses temas e explica por que precisamos, agora mais do que nunca, realizar um debate amplo e corajoso sobre o tema da liberdade de expressão.

Sobre o autor: Para Gustavo Maultasch, o tema da liberdade de expressão tem um sentido especial. Judeu e neto de sobreviventes do Holocausto, há muitos anos tem refletido sobre a complexa relação entre liberdade de expressão e discursos extremistas. Hoje é diplomata e escritor, e foi Network Fellow do Edmond J. Safra Center for Ethics, da Universidade de Harvard (2013-2014). É bacharel em direito pela UERJ, mestre em diplomacia pelo Instituto Rio Branco e doutor em administração pública pela Universidade de Illinois-Chicago.



6.Robinson Crusoé, de Daniel Defoe

Um dos contos mais famosos do autor chega em uma versão atualizada por Monteiro Lobato, Robinson Crusoé vem para conquistar os leitores jovens. Confira a sinopse:

Aos dezoito anos, Robinson Crusoé sai de casa para realizar o sonho de viajar pelo mundo e, para isso, trabalha como marinheiro em um navio. A aventura parecia perfeita, mas a realidade logo mostrou que haveria pouca diversão. Então ele decide fazer uma última viagem… iria explorar a terra firme, conhecendo outros países e cidades… Mas, nessa jornada, uma forte tempestade atinge o navio e todos os tripulantes são lançados ao mar.

Robinson consegue nadar e alcança uma praia, mas logo percebe que está numa ilha deserta, e terá de descobrir como sobreviver e lidar com os perigos de um lugar totalmente selvagem.

Adaptada para jovens por Monteiro Lobato, este conto universal é o mais famoso de Daniel Defoe, e já foi adaptado para filmes, teatro e incorporado a inúmeras versões de outros livros em todo o mundo, por versar sobre temas estruturantes sobre nossa civilização, ritos de passagem e muito mais.

Sobre o autor: Daniel Defoe (1660-1731) foi escritor, jornalista e mercador inglês. Filho de comerciante e com familiares dissidentes da Igreja Anglicana, tentou seguir a carreira no clero, mas desistiu e abraçou a mesma profissão do pai. Ele conheceu boa parte da Europa por causa dos empreendimentos comerciais.

Considerado precursor do romance realista inglês, Defoe publicou Robinson Crusoé em 1719, sua obra de maior prestígio e que possibilitou uma dedicação exclusiva à literatura.



7. João e Maria, dos Irmãos Grimm

Mais um clássico infantil chega para conquistar os leitores, não apenas os mais jovens, em uma edição digna de uma das histórias mais conhecidas dos Irmãos Grimm. Confira a descrição:

Histórias que encantam, ensinam e entretêm – leia este divertido conto encantado sobre dois irmãos inteligentes que enfrentam uma bruxa malvada com astúcia e coragem. Aventure-se com João e Maria nesta edição com belíssimas ilustrações e recontada especialmente para crianças.

Sobre os autores: Recontado pelos Irmãos GrimmJacob (1785-1863) e Wilhelm (1776-1859), acadêmicos, linguistas, poetas e escritores nascidos na Alemanha, que se dedicaram à criação de um dicionário da língua alemã e compilaram contos populares para buscar as raízes germânicas, trabalho que os tornou mundialmente conhecidos.

Comentários