Vento do Leste

Um mundo literário com doses do cotidiano

Destaques

Imagem de capa do card
[Resenha] Eu Perdi o Rumo, de Gayle Forman

É uma história que une três pessoas que se sentem perdidas, mas que vão descobrir que não estão sozinhas.

Ler o post
Outras postagens
Imagem de capa do card
As 10 capas mais bonitas da minha estante
Ler o post
Imagem de capa do card
Mulheres marcantes na literatura #2
Ler o post

Últimas resenhas

Últimas resenhas

Eu Perdi o Rumo

Editora Arqueiro

Ler o post

O Jardim Esquecido

Editora Arqueiro

Ler o post

Por uma Questão de Amor

Editora Novo Século

Ler o post

Uma noiva para Winterborne

Editora Arqueiro

Ler o post

Uma Dama Fora dos Padrões

Editora Arqueiro

Ler o post

Quinze Dias

Editora Globo Alt

Ler o post

Anuncio

E você troca a sua vida pelo o que não vale a pena

O problema começou quando eu entendi que o motivo que me dá vontade de continuar, é o mesmo que me faz pensar em desistir. Quando eu percebi que algo ou alguém se tornou mais importante do que o meu sonho... É aqui que o problema começou, porque eu percebi que ainda que não falte vontade, a coragem ou a falta dela, impede que eu me afaste do que me faz mal e siga adiante.

Eu não consigo entender como posso deixar que isso aconteça. Como posso deixar que o meu maior desejo seja esquecido, porque uma pessoa apareceu no meu caminho? Na minha vida. Alguém que eu sei que não irá ficar por muito tempo... E mesmo sabendo disso, eu insisto em não querer me afastar...

Não gosto da pessoa que eu me tornei. Eu odeio o fato de pensar que eu mudei por alguém. Odeio o fato de que tudo o que eu sempre quis está ficando para trás. E eu odeio perceber que ainda assim, eu não consigo ficar longe. Eu só queria que tudo voltasse a ser como antes. Só queria esquecer. Queria voltar a dar valor em tudo o que eu sempre quis para mim. Queria perder esse medo que eu tenho de viver sem você.

Eu preciso desistir de você. Eu já deveria ter feito isso a muito tempo. Mas quando uma pessoa se torna parte do nosso dia-dia, ficamos com medo que esse alguém vá embora. Não deveria ser assim... Não podemos depender tanto de alguém. Não podemos fazer de uma pessoa o nosso motivo para seguir em frente.

Mas aos pouco eu vou voltando a aprender a viver os meus sonhos, a minha vida...  Eu vou voltar a lembrar mais de mim.
  1. Lindo Blog !

    blog-girls-life.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Que coisa triste, mas pura verdade, às vezes o que nos motiva é o mesmo que pode nos fazer desistir e é uma tristeza quando constatamos isso.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir

@oventodoleste