Vento do Leste

Um mundo literário com doses do cotidiano

Destaques

Imagem de capa do card
As 10 capas mais bonitas da minha estante

Hoje eu separei os livros que antes de tudo foram escolhidos pela capa e eu guardo com muito carinho na minha estante.

Ler o post
Outras postagens
Imagem de capa do card
[Resenha] O Jardim Esquecido, de Kate Morton
Ler o post
Imagem de capa do card
Mulheres marcantes na literatura #1
Ler o post

Últimas resenhas

Últimas resenhas

O Jardim Esquecido

Editora Arqueiro

Ler o post

Por uma Questão de Amor

Editora Novo Século

Ler o post

Uma noiva para Winterborne

Editora Arqueiro

Ler o post

Uma Dama Fora dos Padrões

Editora Arqueiro

Ler o post

Quinze Dias

Editora Globo Alt

Ler o post

Baía dos Suspiros

Editora Arqueiro

Ler o post

Anuncio

Chegou ao fim


A gente tenta, insiste um pouco mais, perdoa um pouco mais e sonha um pouco mais... Mas para que? A cada chance que a gente dá, é só mais uma oportunidade de nos decepcionar, de perceber o quanto a nossa ingenuidade cresce numa velocidade absurda. Não sou pessimista, nunca fui. A verdade é que em algum momento da vida nós aprendemos que esperar demais e confiar demais só nos faz andar para trás.

Aprendemos da maneira mais difícil (e talvez a mais necessária) que existe o momento certo para aceitar que já não dá mais. Não que isso significa que chegou ao fim de uma história. O dia de amanhã a Deus pertence, mas o hoje você pode e deve usá-lo com sabedoria. Não decida pensando no que irá acontecer em outro momento, ou em outro dia. Decida pensando no que você tem em mãos, com as atitudes que te levaram a este instante. Não vai ser fácil, nunca é... E isso ninguém te ensina também, você aprende e algumas vezes, aprende da pior forma.

Então é isso mesmo: desapegar?! Para que? Para ser feliz, talvez. Para voltar a sonhar e acreditar que coisas boas acontecem a todo momento, em qualquer lugar e com todos, inclusive com você. Quando acreditamos que podemos deixar para trás algo que nos faz mal, a vida torna-se mais leve, mais simples. Acredite, escrevo esse conselho com sinceridade, com a certeza de quem apanhou muito do apego por coisas e pessoas que não valiam a pena.
  1. O dia de amanhã a Deus pertence, mas o hoje você pode e deve usá-lo com sabedoria...

    Com certeza e concordo com tudo o que disse, texto lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda! <3 Muitíssimo obrigada, flor!

      Excluir
  2. Aconteceu uma coincidência, no meu post falo em despedida, desapegar... Achei um pouco parecido. É o que estou sentindo no momento.

    Precisamos nos livrar mesmo de tudo o que não nos faz bem pra ser feliz com plenitude.
    O lema da vez é deixar que nos tratem de qualquer maneira como se não tivéssemos sentimentos.

    Beijos
    Mundo de Nati

    ResponderExcluir

@oventodoleste