Quote da semana

“Às vezes, se apaixonar é a atitude mais corajosa que alguém pode ter.”

Kiera Cass, A Coroa

Promoção na Amazon

Um livro vai além de uma capa bonita


Um livro vai além de uma capa bonita. Clichê, mas todos nós, ávidos leitores, concordamos totalmente com essa frase. Longe de mim desprezar o trabalho de pessoas que conseguem capturar a essência da história e apresenta-la de um modo que chame a nossa atenção e ganhe o nosso coração. Mas você vai concordar comigo que nem mesmo a capa mais bonita tem o dom de capturar a nossa atenção do início ao fim se trouxer uma história que não anda, com um enredo morno que nos faz desistir do personagem antes mesmo de chegar à metade do livro.

Mas há quem consegue encontrar um ponto positivo até mesmo nas histórias mais difíceis. Há quem não consegue abandonar um livro sem que a história seja concluída, sem saber que bem ou mal a história teve um final. Há pessoas que não gostam de deixar histórias pela metade. Pessoas que talvez tenham mais esperança e empatia do que as demais. Talvez. Talvez sejam pessoas que prefiram acreditar no melhor. Ou quem sabe, pessoas que pela teimosia não querem dar o braço a torcer e se veem obrigadas a ir até o fim. São tantos “talvez”, mas que ainda assim não deixam de ser reais. Acontecem. Aos montes.

Acreditei por muito tempo que me encaixava no grupo das pessoas esperançosas demais para desistir. Fui até o fim em histórias que não valiam nem as primeiras páginas, mas também me surpreendi com enredos que, por teimosia, me vi obrigada a chegar à última página. A teimosia muitas vezes me foi útil, mas também me fez perder outras histórias que eu poderia ter aproveitado deixando de lado a que me perturbava. Já a esperança me fez acreditar que bons escritores podem surgir de onde menos esperamos e que às vezes é só questão de insistir um pouco mais. O melhor sempre está por vir. É o que eu ouvi a vida inteira. Então, por que eu não deveria acreditar nisso?

Ainda assim, posso entender quem prefere passar adiante, quem prefere fazer a fila andar e tirar o atraso de livros que estão, há muito, guardados em estantes. Pessoas que veem o tempo correr e preferem acompanha-lo a passos largos. Pessoas que não querem perder o tempo. Não julgo e muito menos condeno. Leitor é um bicho cheio de vontades e liberdades. É um momento só nosso e, ao menos tempo, é um momento em que dividimos sonhos, medos e vontades com desconhecidos. Pessoas que não saíram das páginas, mas que parecem nos compreender melhor do que qualquer outra pessoa jamais seria capaz.

Então por que parar na capa? A capa nos enche os olhos e captura a nossa atenção. Mas o recheio, o miolo, traz a sensação de estar segurando o sonho de outra pessoa. Alguém que teve o cuidado de criar, manter e abrir mão de algo tão precioso para que nós pudéssemos esbarrar neles pelas ruas. Ir além da capa de um livro é assumir a responsabilidade de carregar um pedaço de alguém por um curto período de tempo ou, quem sabe, para vida inteira.

Comentários

  1. Que texto lindo!!! Super concordo com você, um livro é muito mais que a capa. Já perdi as contas de quantas vezes insisti muito em um história porque eu tinha aquela esperança lá no fundo de que a história ia se desenrolar. Mas também já abandonei alguns outros por, realmente, não gostar da leitura. Esse mundo literário é uma coisa linda e louca, e que eu tanto amo!!

    ResponderExcluir
  2. "Ir além da capa de um livro é assumir a responsabilidade de carregar um pedaço de alguém por um curto período de tempo ou, quem sabe, para vida inteira." Achei tão bonita e significativa essa parte.

    Eu sou o tipo de pessoa que já comprei vários livros simplesmente porque achei a capa bonita e/ou o título legal, porém confesso que boa parte dessas aquisições não foram tão boas em seu interior quanto ao exterior me fazendo em alguns casos abandonar a leitura. Alguns eu ainda tenho pela capas, outros passei adiante.

    Acho uma pena quando leio histórias incríveis, mas por terem uma capa "feia", as pessoas não se animam em conhecer.

    ResponderExcluir
  3. Sinceramente, eu não ligo muito para a capa de um livro, você acredita? Entao nunca tive problema em me decepcionar com o livro em si.
    Geralmente antes de ler um livro, eu procuro resenhas, saber um pouquinho mais dele (acho que sou a única pessoa que gosta de spoiler haha), então nunca fiz uma leitura que eu tenha me arrependido. A única coisa que acontece é eu me desanimar no meio da leitura, muitas vezes pela história ficar um pouco mais devagar, mas eu insisto e continuo até o final.
    Ótimo texto 💕
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  4. Já tive uma fase de comprar livro pela capa, sem nem mesmo ler a sinopse, isso foi logo quando comecei a ler e ter autonomia para comprar meus próprios livros e ainda bem que não durou muito. Logo percebi que o que importa mesmo é a sinopse e a indicação de conhecidos, afinal o ditado "não julgue um livro pela capa" pode ser para algo bom ou ruim. Amei seu texto, tua forma de escrever é muito coerente, parabéns! :)

    http://blink-moments.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu nunca comprei um livro pela capa... Lógico que adoro uma capa bonita, ou talvez só instigante já ajuda, porque é aquele primeiro momento que desperta nossa vontade de tocar... Mas, como você disse, não é isso que define que o enredo vai ser bom, ou pelo menos suficiente pra gente chegar ao final. O ideal seria capas incríveis pra livros dignos delas, sempre!

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto! Super reflexivo. Ja diz o ditado : Nunca julgue um livro pela capa. Disse tudo!

    ResponderExcluir
  7. Que texto lindo, amei quando você citou a parte dos "talvez" porque nem sempre temos a opção do "talvez" e sim a opção do "sim" ou "não" e nem sempre essa é nossa realidade!

    ResponderExcluir
  8. Meus deuses, que blog lindo! Amei o texto e fiquei impressionado ao ver que você lê livros em inglês ❤ Sempre quis, mas ainda tô nessa missão kkkkk ❤

    ResponderExcluir