Resenha | Um Acordo Pecaminoso, de Julia Quinn

Escrito por


Pandora é uma jovem disposta a não baixar a cabeça para ninguém. Ela cultiva os próprios sonhos e vontades, e pretende realizá-los, sem permitir que a sociedade limite a suas ações. Quando a temporada social começa, Pandora vê nos intermináveis bailes, o tédio das conversas amenas e frívolas, pessoas desinteressadas em uma conversa que vá além de perguntas sobre o clima. Pandora está determinada a passar a temporada escondida em um canto do salão.

Para ajudar a salvar a reputação e o casamento de uma amiga, Pandora concorda em ajudá-la a resgatar um brinco perdido. Enquanto todos dançam e conversam no baile, Pandora sai furtivamente do salão. Sair daquela forma era completamente inapropriado para uma dama, sua intenção era voltar logo, antes sentissem a sua falta. Durante a sua busca, ela acaba se envolvendo em uma situação constrangedora e indecorosa, no mesmo instante, um jovem cavalheiro surge para socorre-la. Lorde St. Vincent, carrega um senso de humor que Pandora teria apreciado em outra situação, mas, naquele momento, ela deseja apenas conseguir sair.

O que deveria ser uma missão de resgate simples, acaba causando o que seria um escândalo para Pandora e a sua família. Para remediar a situação, Pandora terá que aceitar se casar com o cavalheiro que a salvou. Mesmo ao pensar na vergonha que a sua família poderá enfrentar, não é suficiente para convencê-la a aceitar o matrimônio. Totalmente avessa ao casamente, Pandora não quer ser uma pessoa invisível, que não poderá gerir a própria vida sem depender do consentimento do marido. O casamento estava fora de questão. Mesmo que o noivo fosse um Lorde terrivelmente encantador.



"Um Acordo Pecaminoso" é um livro leve, com diálogos divertidos e muito romance. Este é o terceiro livro da série "Os Ravenels", da Lisa Kleypas. Assim como os anteriores, esta história incrivelmente contagiante e envolvente. É impossível não ler e não sentir amor e raiva dos personagens, tudo ao mesmo tempo. Confesso que dos três que li até o momento, o segundo permanece sendo o meu preferido, mas neste livro temos um toque de humor, que não vimos nos anteriores, e torna a leitura agradável e fluída.

Pandora é uma "força da natureza", impulsiva e sonhadora. Junto com suas duas irmãs, foi negligenciada pelos pais e viveu reclusa na propriedade da família, sem contato algum com o mundo externo. Pandora cresceu para ser livre. Um dos seus maiores medos é ter que viver na prisão de um casamento, sendo obrigada a agir conforme as necessidades do marido e sem a possibilidade de ir atrás do que a faz feliz.

Lorde St. Vincent, ou apenas Gabriel, é inteligente, lindo, extremamente rico e cobiçado pela jovens debutantes. Até aquela noite, ele havia escapado do compromisso que aqueles bailes prometiam. Moças mais audaciosas e insistentes tentaram capturá-lo, mas foi uma jovem sem charme e atrativos que conseguiu o que todas queriam. Gabriel faria o que era certo e honroso. Aos olhos de todos, ele comprometeu a lady Pandora. Seu dever era casar com ela, ainda que isso o fizesse infeliz.




Depois desse começo animado e divertido, somos presenteados por uma narrativa envolvente e cheia de charme. Quer um clichê melhor do que ver duas pessoas que detestam a ideia do casamente e o destino as une?

Lisa Kleypas deu toque novo para a história. A maior parte da narrativa acontece enquanto o casal tenta decidir o que acontecerá em suas vidas, em seguida, a história passa em um ritmo ainda mais rápido e sem prejudicar a leitura.

Se você ainda não leu os outros livros da série, se começar por este, vai levar alguns spoilers das histórias anteriores, mas nada que desmotive a leitura mais tarde. Não há necessidade de ser lido em ordem se você não se importar com esse detalhe.




No geral, eu adorei esse livro! A história acontece tão rápido que não vemos as páginas passando. Consegui ler em apenas um dia, conforme fui me envolvendo mais e mais com a história. Pandora e Gabriel formam um casal que de início pode parecer improvável, mas aos poucos você consegue ligar as características que os tornam semelhantes. Aqui, a máxima que diz que os opostos se atraem não poderia estar mais errada. Em sua essência, Pandora e Gabriel são iguais, o que torna a leitura maravilhosa.

"Um Acordo Pecaminoso" está mais do que recomendado. Se você gosta de romances de época, vai se apaixonar por essa série!

Comentários