Utilizamos cookies e outras tecnologias de medição para melhorar a sua experiência de navegação no nosso site, de forma a mostrar conteúdo personalizado, anúncios direcionados, analisar o tráfego do site e entender de onde vêm os visitantes. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Sherlock Holmes, Mulheres poderosas, Bienal e "e aí, comeu?"

Escrito por

Quase três semanas de férias e já voltaram as minhas aulas na faculdade (pois é, nem um mês de férias ):). E apesar de toda a confusão por causa da greve na universidades federais, as minhas aulas (até agora) estão ocorrendo quase que normalmente. Por isso, ainda não deu para entrar no ritmo do curso e começar a estudar de vez (já que esse semestre promete). Mas enfim.

Nos meus últimos dias de Julho, eu aproveitei para ler alguns livros e que estavam na minha lista havia um bom tempo. Um deles, é o livro da minha última resenha (e post): Sherlock Holmes – Um Estudo em Vermelho. Que aliás, leiam! Vocês vão gostar. E eu também li: Por que os homens amam as mulheres poderosas? Como eu já disse aqui algumas vezes, não gosto muito de livros de auto-ajuda. Mas sempre ganho alguns. Esse veio da minha mãe e, nas verdade, eu me surpreendi com ele. É bem engraçado e foi uma leitura interessante. Não fiz nenhuma resenha sobre ele, por falta de tempo. Mas eu acho que nessa semana eu posto alguma coisa sobre ele aqui.

Mas além desses, veio a minha última aquisição do mês de Julho: As Aventuras de Sherlock Holmes. Eu voltei a me interessar pela série. Já tinha lido alguns, mas aproveitei o restinho das férias para completar a minha coleção. Para quem não leu nenhum dos contos, vale muito (muito) a pena conhecer. São histórias que chamam a atenção do leitor, além de serem muito bem escritas.

E para fechar o mês, E aí, comeu? Eu confesso que nunca tinha ido ao cinema para assistir um filme brasileiro. Mas ultimamente surgiram alguns filmes bem bacanas e, com tantas propagandas, esse me deixou muito curiosa. Com certeza valeu a pena. Não é como aquelas comédias bonitinhas (nada contra, aliás eu adoro), mas é um filme muito engraçado, com uma história criativa e real. E não dá para esquecer o trailer. Que aliás, foi um dos motivos de eu ter assistido.



Bienal 2012

Lembrando que nos dias 12 e 19 de agosto teremos o Encontro de Blogueiro na 22ª edição da Bienal do Livro de São Paulo. O encontro é uma ideia criada pela Bianca e tem como objetivo promover um encontro entre todos os amantes da leitura. Para quem quiser nos encontrar por lá, segue algumas informações (disponibilizadas pela Bianca):

Dias: 12 e 19 de Agosto
Horário: Início às 13h30m
Ponto de encontro: Stand da Editora Biruta
Ideia: Levar os livros que estão parados na sua estante – os que vocês não gostam ou não pretendem ler. Assim, nós poderemos trocar livros, conhecer novos gêneros e não gastar nada!

Através deste link aqui, você também pode conferir a lista dos Blogueiros que confirmaram presença no encontro.

O que eu li: Sherlock Holmes – Um estudo em vermelho

Escrito por
Sherlock Holmes – Um estudo em vermelho Autor: Arthur Conan Doyle Ano de Lançamento: 2009 Número de páginas: 232 Editora: ZAHAR O cadáver de um homem, nenhuma razão para o crime. É a primeira investigação de Sherlock Holmes, que fareja o assassino como um “cão de caça”. Lamentava-se de que “não há mais crimes nem criminosos nos nossos dias”, quando, nesse instante, recebe uma carta a pedir a sua ajuda. Sherlock Holmes não resiste ao apelo, mas sabe que o mérito irá sempre para a Polícia. Sherlock Holmes: Um Estudo em Vermelho é o primeiro livro que dá início a toda a história de um brilhante detetive – Sherlock – e (sem esquecer é claro) do seu fiel escudeiro – Doutor Watson.  A história do maior detetive da ficção surgiu em Novembro de 1887, editado e publicado originalme…

Playlist #5

Escrito por
01. Colbie Caillat - Begin Again Eu gosto muito das músicas da Colbie Caillat e essas é uma das minhas favoritas. 02. He Is We - Happily Ever After Essa eu já indiquei antes, mas além de ter um clipe bem diferente e engraçado, eu gosto muito da música. Aliás, essa banda tem várias músicas legais que valem muito a pena conhecer. 03. Gotye - Somebody That I Used To Know (feat Kimbra) Mais uma música que eu descobri assistindo o Glee. Apesar de gostar mais da versão que o Glee cantou, a versão original também é bem legal. 04. Jason Mraz - Lucky (Feat. Colbie Caillat) Eu adoro/amo a letra dessa música. 05. Pete Yorn e Scarlett Johansson – Relator 06. Renne Fernandes - Quero Sentir Você Essa eu descobri há pouco tempo. Na verdade não conheço muitas músicas dele. …

Citação: Podia ser...

Escrito por
Podia ser só amizade, paixão, carinho, admiração, respeito, ternura, tesão. Com tantos sentimentos arrumados cuidadosamente na prateleira de cima, tinha de ser justo amor, meu Deus? Porque quando fecho os olhos, é você quem eu vejo; aos lados, em cima, embaixo, por fora e por dentro de mim. Dilacerando felicidades de mentira, desconstruindo tudo o que planejei, abrindo todas as janelas para um mundo deserto. É você quem sorri, morde o lábio, fala grosso, conta histórias, me tira do sério, faz ares de palhaço, pinta segredos, ilumina o corredor por onde passo todos os dias. É agora que quero dividir maçãs, achar o fim do arco-íris, pisar sobre estrelas e acordar serena. É para já que preciso contar as descobertas, alisar seu peito, preparar uma massa, sentir seus cílios. “Claro, o dia…

A parte mágica da vida

Escrito por
Quase sempre esquecemos que tudo na vida só acontece uma única vez. Assim como palavras, certos momentos o vento leva. Deixamos de viver o agora pensando no depois. Ou pensando no que já se foi. Vivemos na sombra do que poderia ter sido. As pessoas apegam-se muito a conceitos. Vivemos presos às regras, as normas. Passamos a acreditar que o modo como sociedade enxerga é o certo. Por isso, feliz é quem tem coragem de ignorar toda essa maluquice e ser diferente. Quem consegue ver a vida de um jeito único. Quem é capaz de encarar todos os seus medos e superá-los, um a um. Quem não tenta agradar a ninguém, a não ser a si mesmo. Quem passa pela vida com um sorriso no rosto. Ainda que a sua vontade seja desistir. Chorar. Esse é um dom que nem todos possuem. Há quem acredite que “ Não, algumas …