Vento do Leste

Um mundo literário com doses do cotidiano

Destaques

Imagem de capa do card
Até a página 100: O Jardim Esquecido, de Kate Morton

"O Jardim Esquecido" foi um dos lançamentos de setembro pela Editora Arqueiro. O livro foi publicado pela primeira vez no Brasil pela Editora Rocco em 2009, com o título "O Jardim Secreto de Eliza".

Ler o post
Outras postagens
Imagem de capa do card
[Resenha] Uma Dama Fora dos Padrões, de Julia Quinn
Ler o post
Imagem de capa do card
Até a página 100 - Razão e Sensibilidade
Ler o post

Últimas resenhas

Últimas resenhas

O Jardim Esquecido

Editora Arqueiro

Ler o post

Por uma Questão de Amor

Editora Novo Século

Ler o post

Uma noiva para Winterborne

Editora Arqueiro

Ler o post

Uma Dama Fora dos Padrões

Editora Arqueiro

Ler o post

Quinze Dias

Editora Globo Alt

Ler o post

Baía dos Suspiros

Editora Arqueiro

Ler o post

Anuncio

Terça-feira: 09 de dezembro de 2013


Via Flickr

Quando o despertador tocou hoje mais cedo foi uma luta silenciosa: levantar e garantir que eu consiga sair de casa no horário ou apertar o botão e garantir mais cinco minutos de sono? Todos os dias me faço a mesma pergunta e a resposta é sempre a mesma. Levanto e me preparo para encarar o dia. Sempre fui o tipo de pessoa que se prende muito aos horários. Sempre pontual. Aquele orgulho idiota de poder falar: Isso eu vou poder contar para os meus netos! Bobagem.

Às vezes me divirto pensando assim. Algumas coisas se tornam melhores quando colocamos um pouco de graça (um pouquinho de ironia faz bem também). Não que eu seja a pessoa mais engraçada do mundo (já aceitei o fato de que eu não sou), mas pelo menos me ajuda a sair de casa um pouco mais feliz por ter que enfrentar toda aquela multidão da cidade de São Paulo, que tenta chegar no horário no seu destino.

Isso me faz pensar em como algumas pessoas já saem de casa com aquele humor “divino”. Aquele ar de: “Tá olhando o que?”. Sério, precisa mesmo de tudo isso às oito horas da manhã? Minha mãe sempre me disse que nós atraímos aquilo que pensamos e desejamos aos outros. Quando eu era criança não entendia direito o significado. Mas é como dizem: a vida trata de ensinar.
  1. O bom humor é realmente umas das dádivas mais belas. que Deus nós enviou. Sempre me deparo com esses mesmo dilemas, se não existisse o humor, o que seria de nós?
    Lindo texto. ♥

    Se quiser da uma passadinha no meu blog é este aqui: http://theladydiarie.blogspot.com.br/

    Ah seguindo também ♥

    ResponderExcluir
  2. Sobre isso, as pessoas acham que dormir mais é igual a mais descanso. Sendo que o importante é ter uma boa noite (ou dia, pra quem trabalha no turno da noite) de sono, tranquila, confortável e agradável. Devido a isso elas ficam de mal humor por acordar cedo.
    Eu acordo cedo desde pequeno, quando não tinha necessidade nenhuma disso, eu sei que tenho que acordar cedo e prefiro aceitar os fatos. Acordo cedo e bem disposto sempre, é incrível.

    Adeus e obrigado pela atenção,
    Garoto Impulsivo.

    ResponderExcluir
  3. Eu sou uma pessoa que faz caminha às 6:40 da manhã e já estou dançado! - hoje mesmo fiz isso , literalmente. Não é que eu goste de dançar para o nada, mas quando eu coloco uma músiquinha animadinha que dê para requebrar, eu vó lá e requebro, pulo e morro de rir de mim mesmo. Depois olho em volta e vejo se alguém está olhando, nunca tem ninguém, porque é cedo demais. Mas eu nunca me arrependo quando eu canso ou se alguém me viu. Acordar feliz me faz ganhar o dia.

    Beijão Mi, por um 2014 com mais pessoas felizes às oito da manhã!

    ResponderExcluir

@oventodoleste