Vento do Leste

Um mundo literário com doses do cotidiano

Destaques

Imagem de capa do card
[Resenha] Eu Perdi o Rumo, de Gayle Forman

É uma história que une três pessoas que se sentem perdidas, mas que vão descobrir que não estão sozinhas.

Ler o post
Outras postagens
Imagem de capa do card
As 10 capas mais bonitas da minha estante
Ler o post
Imagem de capa do card
Mulheres marcantes na literatura #2
Ler o post

Últimas resenhas

Últimas resenhas

Eu Perdi o Rumo

Editora Arqueiro

Ler o post

O Jardim Esquecido

Editora Arqueiro

Ler o post

Por uma Questão de Amor

Editora Novo Século

Ler o post

Uma noiva para Winterborne

Editora Arqueiro

Ler o post

Uma Dama Fora dos Padrões

Editora Arqueiro

Ler o post

Quinze Dias

Editora Globo Alt

Ler o post

Anuncio

Chegou rápido, mas chegou cheio de surpresas!


Aos 15 eu não imaginava que os anos passariam tão rápido. Tinha alguns planos, como qualquer adolescente. Mas diferente da maioria eu não queria crescer. Tinha um medo danado de ter que encarar a vida adulta, de ver o tempo passar depressa e perder momentos incríveis. Via o mundo como um monstro gigante, o qual eu nunca conseguiria enfrentar. Fui empurrando o tempo com a barriga. Deixei grandes decisões de lado, afinal tinha todo o tempo do mundo. Eu não tinha pressa.

Olhando para trás, hoje, sei que foi uma bobagem minha. Eu esperava que a vida parasse o seu curso e me desse à chance de criar coragem antes de seguir adiante. Mas o tempo não para. Pelo contrário, ele anda com passos largos e ai de quem não conseguir acompanhar.

Hoje, aos 21, tenho algumas boas histórias para recordar. Entendi que não posso impedir que os anos passem, mas posso escolher como vou lembrar de cada um deles. E sei que posso contar com pessoas incríveis ao meu lado. Sei que assim como eu, cada um deles fariam qualquer coisa para que tudo fique bem. Acho que é isso o que torna a vida mais leve: estar rodeado de pessoas que você queira o bem e que eles te queiram o bem de volta.

Agradeço todos os dias aos fofinhos da minha vida por toda a paciência e por me darem a chance de errar. Obrigada também a um dos maiores presentes que ganhei nos últimos dias: já posso dizer oficialmente que eu sou Tia! <3 Apesar de ainda achar que eu sou nova demais para o cargo. Mas enfim. Mais um aniversário. Que venham muitos sonhos para serem realizados.

É, 21 anos. Eu to ficando velha, gente.
  1. Parabéns linda, o tempo passa tão depressa, temos que aproveitar cada ano que se passa!

    Beijos!

    http://www.depoisdesonhar.com/

    ResponderExcluir
  2. Felicidades ! 21 ? Ta ficando velhinha eim ?! kkkkk u.u

    i-nfinitos.blogspot.com

    ResponderExcluir

@oventodoleste